A Importância do Tempo nas Graduações de Capoeira até se tornar mestre




A capoeira, uma expressão cultural afro-brasileira que mescla arte marcial, dança e música, tem conquistado adeptos em todo o mundo. Além de suas características físicas e artísticas, a capoeira também se distingue por um sistema de graduação que se estende ao longo de vários anos, até que um praticante alcance o título de mestre. A importância desse tempo de graduação na capoeira até se tornar mestre é inegável e envolve aspectos culturais, pedagógicos e de formação pessoal.

Primeiramente, o tempo de graduação na capoeira até se tornar mestre reflete a riqueza cultural e histórica intrínseca à prática. Originada no contexto da diáspora africana e da luta pela liberdade, a capoeira não é apenas uma atividade física, mas também uma forma de preservar e transmitir tradições ancestrais. O longo caminho até o título de mestre permite que o praticante mergulhe nas raízes da capoeira, compreendendo sua história, rituais e valores, contribuindo para a perpetuação dessa manifestação cultural.

Além disso, o tempo de graduação na capoeira desencadeia um processo pedagógico fundamental. Cada graduação representa um estágio de aprendizado e aperfeiçoamento técnico, que exige dedicação, esforço e comprometimento por parte do praticante. Esse processo gradual e contínuo possibilita uma assimilação mais profunda dos movimentos, das estratégias e da filosofia da capoeira, favorecendo a formação de praticantes mais qualificados e conscientes.

Do ponto de vista da formação pessoal, o tempo de graduação na capoeira também desafia o praticante a desenvolver qualidades como paciência, resiliência e humildade. A jornada até se tornar mestre requer superação de obstáculos e enfrentamento de adversidades, ensinando lições valiosas sobre persistência e autoconhecimento. O tempo investido nesse percurso permite que o praticante amadureça não apenas fisicamente, mas também emocional e espiritualmente, tornando-se um verdadeiro mestre não apenas da capoeira, mas da própria vida.

Em síntese, o tempo de graduação na capoeira até se tornar mestre é de suma importância, conectando aspectos culturais, pedagógicos e de formação pessoal. Esse processo não apenas preserva a riqueza histórica da capoeira, mas também promove um aprendizado gradual e profundo, além de contribuir para o desenvolvimento pessoal do praticante. Assim, a jornada até o título de mestre na capoeira transcende a mera aquisição de habilidades físicas, tornando-se uma jornada de enriquecimento cultural e espiritual.


Referências Bibliográficas:
Abib, Pedro. (2007). Capoeira: jogo e cultura popular. Annablume.
Moraes, Nestor Capoeira. (2014). Capoeira: a Brazilian art form: history, philosophy, and practice. Blue Snake Books.
Assunção, Matthias Röhrig. (2005). Capoeira: The History of an Afro-Brazilian Martial Art. Routledge.
Gomes, Laurentino. (2015). 1808: Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a história de Portugal e do Brasil. Globo Livros.
Da Costa, Emília. (1994). Introdução ao mundo da capoeira. Axé Edições.

Postar um comentário

0 Comentários