Segundo Capoeira na Praça: União e Cultura em Marcelino Vieira-RN


No último dia 31 de maio, a cidade de Marcelino Vieira, no Rio Grande do Norte, foi palco de um evento que celebrou a cultura e a união através da capoeira. Organizado pelo Contramestre Pabuloso, do Grupo Berimbaus do Oeste (GCBO), o evento "Capoeira na Praça" reuniu capoeiristas de diversas regiões em uma série de atividades que animaram o público e fortaleceram os laços entre os praticantes dessa arte brasileira.


O encontro teve início às 15h na academia FreeStyle, onde os participantes foram recebidos com aulas de capoeira e rodas, proporcionando um ambiente de aprendizado e troca de experiências. A energia do local contagiou a todos, marcando o começo de uma tarde repleta de cultura e movimento.

Após as atividades iniciais, houve um momento de lanche, uma pausa estratégica para que os capoeiristas pudessem recarregar as energias e socializar. Em seguida, o evento se dirigiu ao Espaço Cultural, um local emblemático para a cidade, onde aconteceram mais aulas de capoeira e maculelê – uma dança tradicional que mistura elementos de capoeira e folclore afro-brasileiro.


A programação seguiu para o Anfiteatro Municipal, onde a capoeira tomou conta do palco e das arquibancadas. O ponto alto do evento foi a grande roda de capoeira, momento em que todos os participantes puderam mostrar suas habilidades e aprender uns com os outros. Além disso, ocorreu a cerimônia de troca de cordas que foi um momento de grande emoção e reconhecimento. Dois importantes membros do Grupo Berimbaus do Oeste, o Instrutor Rony e o Instrutor Toinho, foram homenageados e reconhecidos pelo seu comprometimento e dedicação à capoeira, recebendo novas cordas que simbolizam seu progresso e contribuição para a arte.


O "Capoeira na Praça" não foi apenas um encontro de capoeiristas, mas também uma manifestação cultural que trouxe à tona a importância de ocupar os espaços públicos com atividades que promovem a integração e o bem-estar social. Segundo o Contramestre Pabuloso, o evento teve como principal objetivo "unir capoeiristas pelos locais públicos da cidade", promovendo a capoeira como um instrumento de transformação e união.


A cidade de Marcelino Vieira se encheu de ritmo, movimento e alegria com a realização do "Capoeira na Praça". A iniciativa demonstrou que a capoeira é mais do que uma arte marcial; é uma ferramenta poderosa para a construção de comunidade e cultura. Que venham mais eventos como este, celebrando a capoeira e a riqueza cultural do nosso país.





Postar um comentário

0 Comentários